Salvador registra aumento de 40% nos casos de sífilis em 2019

Apesar do crescimento na capital, o estado teve redução de 6,7% no total de casos, entre 2018 e 2019

Salvador registrou 3.625 novos casos de sífilis durante o ano de 2019, um aumento de 40% dos diagnósticos em comparação a 2018. Os dados foram divulgados hoje (11).

Apesar do crescimento na capital, o estado teve redução de 6,7% no total de casos, entre 2018 e 2019. Durante os dias oficiais do carnaval, entre 20 e 25 de fevereiro, as secretarias de saúde do estado e do município diagnosticaram 59 casos.

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissíveis (IST), causada por uma bactéria, que pode levar à morte se não for tratada. A pessoa contaminada pode apresentar manchas e ínguas no corpo, febre, mal-estar e dor de cabeça. A medida de prevenção mais importante da sífilis é o uso correto e regular da camisinha.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.