Riachuelo demite 151 trabalhadores em meio à pandemia do novo coronavírus

Em justificativa para as demissões, a varejista disse que o setor é um dos mais afetados durante a crise provocada pelo vírus

A rede Riachuelo, que emprega cerca de 40 mil pessoas em todo o Brasil, começou a demitir seus funcionários na quarta-feira (8), em meio à pandemia do novo coronavírus, que provoca a Covid-19.

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo, 151 trabalhadores foram desligados, como parte de um processo de readequação pelo qual a companhia está passando.

Em justificativa para as demissões, a varejista disse que o setor é um dos mais afetados durante a crise provocada pela pandemia. Contudo, informou que “segue totalmente” comprometida “com seus planos para o Brasil e em preservar ao máximo seus colaboradores​”.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.