“Não fizeram exame nenhum…”, denuncia esposa de morador do Nordeste de Amaralina com sintomas de Covid-19

Na manhã desta segunda-feira (13), um morador do Nordeste de Amaralina, que preferiu manter sua identidade em sigilo, se dirigiu à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris após sentir febre alta, falta de ar, dor de cabeça e incomodo na garganta. De acordo com a esposa do paciente, o médico somente fez procedimentos superficiais e mandou o rapaz para casa.

“Não fizeram exame nenhum. Somente olharam a garganta e receitaram um remédio. Alegaram que não estão fazendo o exame para o Coronavírus porque estão sem material”, disse a esposa do jovem.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), as unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes internados com suspeita de COVID-19;
2. Pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG);
3. Profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de COVID-19, ou contactantes de casos confirmados de COVID-19 mesmo assintomáticos;
4. Pacientes que foram a óbito com suspeita de COVID-19 cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos aeroportos, portos e nas estradas.

A Bahia tem 723 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e 22 óbitos.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.