Moradores relatam problemas em posto de testagem da Escola Zumira Torres; denúncia aponta contaminação entre funcionários

“Uma tremenda falta de respeito”, assim relatou um morador do Complexo Nordeste de Amaralina que se dirigiu à Escola Zulmira Torres, no Beco da Cultura, para realizar o teste do novo coronavírus. De acordo com uma moradora, que preferiu não se identificar, ao se dirigir até o referido posto de testagem nesta terça-feira (30) , foi informada pelo porteiro que não haveria testes, pois a maioria dos funcionários havia sido contaminada pelo Covid-19.

“Hoje, fomos novamente. Tinha quase 60 pessoas na fila. Por volta de 7h30 o vigilante saiu e veio nos dizer que hoje também não seria realizado exame, sem mais explicações. Na fila, inclusive, tinham idosos e crianças. Uma tremenda falta de respeito da Prefeitura em não avisar com antecedência, colocar um cartaz…De repente eles cancelam, não avisam nada…”, disse a denunciante.

Nossa reportagem entrou em contato com a Prefeitura-Bairro, mas até o fechamento da reportagem não havia recebido resposta sobre o assunto.