Marcelo Nilo defende antecipação de feriados para evitar propagação do coronavírus

O deputado federal baiano Marcelo Nilo (PSB) sugeriu nesta sexta-feira (13) que o Brasil entre imediatamente em um isolamento de 14 dias para evitar a disseminação do novo Coronavírus no país. O parlamentar pediu que o governo federal antecipe os feriados de 2020 e crie duas semanas de quarentena.

“Com certeza iríamos reduzir o risco de contaminação. O covid-19 tem potencial alto de contágio e muito em breve pode atingir 30% da população. A antecipação dos feriados pode trazer prejuízos imediatos ao país, mas posteriormente vai evitar os prejuízos de termos que controlar a doença”, falou Nilo.

O deputado federal participou de uma reunião com o Ministério da Saúde e outros deputados, de onde saiu bastante preocupado com o surto da doença. “Temos um funcionário da Câmara contaminado. Se pegar em um deputado, fecha a Câmara. Se pegar em um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), fecha o STF. O melhor que podemos fazer é colocar o país logo em quarentena para diminuir a possibilidade de contágio da população”, defendeu.

“O assunto é gravíssimo e a projeção de crescimento da doença é enorme”, completou o deputado. A Bahia tem três casos confirmados da doença até agora, em Feira de Santana.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.