[LUTO] Cesinha era técnico de enfermagem das Obras Sociais Irmã Dulce

Antônio César era funcionário do banco de sangue e estava internado em estado grave no Hospital Couto Maia

Por Correio24horas

Cesinha, como era conhecido, trabalhava no Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), como funconário da Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue (UCT) desde 2012. Ele estava internado no Hospital Couto Maia, em Salvador, unidade de referência para tratamento da covid-19.

A morte foi informada por colegas e amigos do técnico de enfermagem e confirmada no final da manhã pela assessoria de comunicação da Osid. Amigos contaram que o rapaz estava internado desde a segunda-feira (20), quando teve falta de ar. esde a terça (21), o quadro era considerado grave. Ele morava no Nordeste de Amaralina e, segundo informou a líder da UCT, Marília Sentges, estava afastado das atividades desde o dia 15 de abril, quando apresentou febre e tosse.

“As providências foram imediatas. O primeiro atendimento foi no ambulatório montado nas Obras Sociais para acolher nossos colaboradores com sintomas gripais. Como o teste deu positivo, ele foi encaminhado para o isolamento em casa”, disse Marília.

“Era um técnico muito cuidadoso e atencioso com todos, pois amava o que fazia. Tinha o coração de um menino”, ressalta Marília.

Em nota, a Osid lamentou a morte do funcionário. “Antônio deixa uma filha e muitas saudades. Parte sob os aplausos e a gratidão de toda sua família das Obras Sociais Irmã Dulce!”, diz a nota.

“Com muito pesar, as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) informam o falecimento de seu colaborador Antônio César Ferreira Pitta Jesus, de 48 anos. Técnico de Enfermagem, ele integrava a equipe de funcionários da Unidade de Coleta e Transfusão de Sangue (UCT) do Hospital Santo Antônio (HSA) desde 2012. Antônio faleceu na manhã desta quarta-feira (22), no Hospital Couto Maia, vítima do novo Coronavírus.

Ele foi afastado de suas atividades na OSID no último dia 15 de abril, assim que apresentou tosse e febre, sintomas suspeitos da Covid-19, como informa Marília Sentges, líder da UCT: “As providências foram imediatas. O primeiro atendimento foi no ambulatório montado nas Obras Sociais para acolher nossos colaboradores com sintomas gripais. Como o teste deu positivo, ele foi encaminhado para o isolamento em casa”. Contudo, o quadro de Antônio piorou e na última segunda-feira (20), já começando a apresentar falta de ar, ele foi internado no Hospital Couto Maia. Estava na UTI, após ter uma parada cardíaca.

“Era um técnico muito cuidadoso e atencioso com todos, pois amava o que fazia. Tinha o coração de um menino”, ressalta Marília. Antônio deixa uma filha e muitas saudades. Parte sob os aplausos e a gratidão de toda sua família das Obras Sociais Irmã Dulce.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.