Grupo cristão do Nordeste de Amaralina interpreta louvores em libras

O quinteto Art Libras, fundado a cerca de 6 meses na Igreja Adventista do Sétimo Dia, situada em Amaralina, próximo ao Hotel Lotus, vem surpreendendo a todos interpretando louvores de uma forma diferente.

Composto por Fernanda França, David Santos, Tárcila de Souza, Jonatas Lima e Victória Albuquerque, o grupo surgiu com a pretensão de fazer apenas uma apresentação diferente num evento da igreja, como explica Victória “Estávamos nos preparando para participar de uma programação do Dia Mundial do Desbravador na nossa igreja, e ai pensamos em incluir algo diferente na programação. Chamei alguns amigos e começamos a aprender as músicas em libras, vimos que seria algo positivo dar continuidade ao trabalho e levar o evangelho de uma forma diferenciada, e então criamos o Ministério Art Libras. Em Marcos 16:15 diz ‘Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura’ e levamos isso como o nosso principal objetivo”, conta.

Com uma grande responsabilidade em mãos, o Art Libras trabalha também de uma forma inclusiva, visto que o ensino de libras ainda não é muito utilizado em igrejas “Normalmente quando vamos nos apresentar e algum lugar, a maioria das pessoas são ouvintes, mas mesmo assim nós sempre procuramos pessoas que não são pra que a gente possa levar a mensagem em libras pra eles. Já fizemos uma apresentação onde tinha um surdo, e ele gostou bastante, conversamos com ele que nos agradeceu, e até mesmo as pessoas ouvintes se sentem tocadas com o que fazemos”, explica David.

Nenhum dos componentes dominava o dialeto em Libras, se dedicaram bastante aos estudos, através de aulas e pesquisas, para que tudo saísse na mais perfeita harmonia, explica Jonatas : “Nós aprendemos a música e à medida que fomos apresentando nos lugares, vimos que realmente tinha pessoas que entendia a expressão que estávamos fazendo, a mensagem que queríamos passar, e isso funcionou como um impulso para aprendermos ainda mais, e levar a mensagem para as pessoas que precisavam. Quando fundamos o Art Libras, lembrei do meu primo que faleceu e sempre teve vontade de aprender libras, ele morava num povoado distante e muito provavelmente hoje em dia ele não teria acesso a isso. Quando nos apresentamos pela primeira vez, eu senti que eu tinha que levar esse ministério adiante não só por mim, mas por ele também”.

O grupo tem como sua apresentação mais marcante a programação de Natal promovida pela Prefeitura de Salvador na praça do Campo Grande em 2019, e compartilham de desejos e sonhos no desenvolvimento do Art Libras. “Uma vez nós estávamos conversando, e percebemos que um dos nossos objetivos é poder colocar na porta da nossa igreja ‘ Acessível em Libras ‘ para alcançar pessoas não ouvintes, e interpretar não só a música mas também os cultos. O Art Libras também influenciou a minha escolha profissional, na faculdade eu pretendo me especializar em libras por existir uma carência muito grande no ramo da psicologia com profissionais intérpretes”, conta Fernanda, estudante de psicologia.

E ao longo dos meses, o grupo segue cultivando um elo forte de amizade, cuidando não só dos de fora, mais principalmente um dos outros ‘’ o Art Libras pra mim é uma família. Já passei por momentos difíceis onde eles me ajudaram, sempre estiveram preocupados comigo, refletindo no grupo o amor que existe em Deus. O Art Libras me ajudou em todos os sentidos ‘’ Diz Tárcila, emocionada.

A agenda do quinteto encontra-se aberta, e aqueles que desejarem podem entrar em contato através do Instagram @art.libras.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.