Flem e JCR firmam parceria para levar tecnologia ao semiárido

A Fundação Luís Eduardo Magalhães – Flem aprovou a primeira manifestação de interesse de acordo com o edital para chamamento público – Flem Partiners – para interessados em firmar parcerias em diversas áreas. A primeira assinatura de acordo de cooperação aconteceu com a JCR Engenharia, empresa baiana com experiência em águas e saneamento voltada para o semiárido.

Atendendo a finalidade do edital – que segue em aberto – a JCR possui know-how que viabiliza o desenvolvimento de tecnologias voltadas para sistemas de coleta e tratamento de excrementos humanos na zona rural, armazenamento e potabilização de tratamento de águas residuais, reuso de águas servidas, gerenciamento de projetos públicos e gestão de obras, além de elaboração de planos municipais de saneamento básico.

De acordo com Bruno Garcez, sócio da JCR, a parceria com a Flem vai beneficiar milhares de pessoas. “A gente tem uma tecnologia que pode ser transformadora para o Brasil e principalmente para a região do semiárido, por ser uma região muita escassa de água e saneamento. Com essa parceria podemos difundir essa tecnologia e beneficiar milhares de pessoas”, acredita. A JCR Engenharia já instalou e gerenciou mais de 100 mil cisternas em todo o Brasil, do Programa Água para Todos, do governo federal.

Segundo o presidente da Fundação, Rodrigo Hita, essa primeira parceria é resultado das inovações apresentadas através do Flem Partiners e que serão implantadas nos locais mais necessitados. “A Flem percebeu a necessidade de sair em busca de soluções inteligentes para políticas públicas e vimos na JCR uma oportunidade de usar nosso escopo para impulsionar melhorias nas regiões mais necessitadas. E não para por aí. Já estamos analisando outras propostas, inclusive de empresas internacionais que nos procuraram”, revelou Hita.

Flem Partners – Edital de chamamento público que tem como objetivo fomentar e promover pesquisas, estudos, diagnósticos e avaliações que contribuam para o melhor conhecimento da realidade, para a projeção de cenários e para a formulação e redefinição de políticas, planos, programas, projetos, ações e eventos de interesse público de ensino, pesquisa e extensão, mediante a identificação e cadastro de pessoas físicas e pessoas jurídicas de direito público ou privado. O edital está em aberto (ver site flem.org.br) e tem recebido diversas propostas que seguem em análise.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.