Estudantes protestam contra exonerações no Colégio Serravalle

Segundo alunos, dois diretores do Colégio Estadual Raphael Serravalle (CERS) foram exonerados em menos de 20 meses

Alunos e ex-alunos do Colégio Estadual Raphael Serravalle (CERS), através da Associação de Grêmios e Estudantes de Salvador (AGES) e o Grêmio Estudantil do CERS, criaram um perfil no Instagram para dar visibilidade aos protestos contra a exoneração de Evandro Livramento, gestor da instituição. Segundo a página, este é o segundo diretor do CERS exonerado em menos de 20 meses.

“[A demissão] desmerece e afronta o processo democrático, uma vez que todos foram eleitos através do voto direto da Comunidade Escolar. Contra isso, qualquer Decreto que se crie, durante uma gestão, no intuito de afetá-la, é totalmente arbitrário”, diz postagem no Instagram.

Ainda de acordo com a publicação, o grupo alega que no último dia 25 de agosto uma nova gestora foi nomeada, sem o conhecimento da comunidade escolar.

“A Comunidade Escolar reserva-se ao direito de se indignar diante de atos autoritários que desvirtuam o perfil de nosso colégio e ferem o futuro de outras gerações. Esta nota tem o objetivo de cobrar um posicionamento coerente com o viés democrático, a fim de restabelecer as condições normais nas quais o Colegiado Escolar possa indicar seus gestores”, diz trecho da publicação.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.