Cresce 551% o número de sepultamentos em cemitérios municipais por causa da covid-19

Semop tem adquirido novos equipamentos para evitar colapso no setor

(Tiago Caldas/Arquivo CORREIO)

O número de sepultamentos nos cemitérios municipais de Salvador por conta do novo coronavírus teve um aumento significativo. Em abril, 37 pessoas foram enterradas após morrerem vítima da doença. Em maio, esse número saltou para 241. O aumento é de 551,3%.

De acordo com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), que administra os cemitérios sob a responsabilidade do Executivo municipal, a pasta já esperava por um aumento da demanda e, por isso, tem investido em equipamentos para a realização dos sepultamentos, como caixões e gavetas.

Conforme planejamento estratégico da Prefeitura, a Semop entregou, entre março e abril, 460 gavetas no cemitério de Brotas. Em maio, também foram disponibilizadas mais 120 no cemitério de Paripe e, no início de junho, serão mais 480 no de Plataforma. No total, a pasta providenciou 1.060 novas vagas somente no primeiro semestre desse ano.

De acordo com a Semop, o objetivo de se antecipar e providenciar locais para que os pacientes sejam sepultados tem como objetivo evitar um colapso no setor, como aconteceu em outras cidades.

No último dia 11, por meio de edital de licitação publicado no Diário Oficial do Município (DOM), a pasta convocou a empresa vencedora da licitação pública para a construção de mais 1.820 novas vagas nos cemitérios, que já estão sendo construídas e devem ser entregues daqui a dois meses. Serão 1.160 novas vagas em Brotas e 660 em Plataforma.

“Estamos com um cenário de luta contra o vírus e ampliando nosso sistema funerário municipal. Com relação a equipamentos de segurança, todos nossos colaboradores da área estão protegidos contra a Covid-19”, avaliou o secretário da Semop e presidente da Limpurb, Marcus Passos.

Além disso, a Semop tenta um convênio com cemitérios particulares da cidade para a aquisição de mais 1.700 novas vagas, sendo 500 gavetas, 500 covas rasas e 700 cremações, o que vai depender da disponibilidade de cada empresa privada.

A pasta tem ainda um convênio já firmado com o cemitério Jardim da Saudade, que disponibiliza à população 720 cremações gratuitas ao ano, duas por dia. Para agendamento de sepultamento em todos os cemitérios municipais, a população deve utilizar os telefones: (71) 3322-1037/3202-5429.

Recomendações
Segundo a Semop, os sepultamentos nos cemitérios municipais podem ser feitos até as 17h. Por conta da pandemia, foram adotadas pela pasta, através da Diretoria de Serviços Públicos (Dsep), adotou algumas medidas de proteção ao público em velórios, como redução no número de presentes na cerimônia.

No caso óbitos por covid -19, o corpo sai da funerária direto para o sepultamento, sem permissão para velórios. Nesses casos, o caixão é lacrado e os familiares não têm acesso.

Para as demais mortes, por outras causas, a recomendação é que o velório seja breve e conte com, no máximo 10 pessoas, que devem ficar a 2 metros de distância umas das outras.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.