Vacina contra o novo coronavírus desenvolvida por cientistas israelenses já está nos “estágios finais”

Foto: Reprodução/UPMC

Uma nova vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) está sendo desenvolvida por cientistas isralenses, que afirmam ser capazes de produzir um componente ativo para a droga “nos próximos dias”.

Em entrevista ao jornal The Jerusalem Post, o Dr. Chen Katz, líder do grupo de biotecnologia do Instituto de Pesquisas da Galileia (MIGAL, na sigla original) afirmou que o trabalho está nos “estágios finais” e que a ideia é iniciar os testes em humanos em 1º de junho.

O time de cientistas está há quatro anos desenvolvendo uma vacina para o vírus da Bronquite Infecciosa das Galinhas (BIG). A droga que está sendo desenvolvida para o novo coronavírus seria uma adaptação dessa pesquisa.

“Nosso objetivo é produzir a vacina entre as próximas oito ou dez semanas, para alcançarmos a aprovação de segurança em 90 dias. Essa vacina será oral, tornando-a particularmente acessível ao público geral”, afirmou ao jornal o presidente do instituto pesquisador, David Zigdon.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.