Segunda parcela de vale-alimentação para alunos na Bahia depende de ajuste no orçamento, diz secretário

No mês de abril, o governo do estado iniciou a distribuição do vale-alimentação para aproximadamente 800 mil estudantes da rede estadual

O secretário de Educação do estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, concedeu uma entrevista na manhã desta sexta-feira (29) a Tv Bahia, onde afirmou que irá se reunir com o governador Rui Costa, para discutir a viabilidade econômica de distribuir uma segunda parcela do vale-alimentação de R$55 para estudantes da rede estadual.

“Esse vale não estava no orçamento da secretária. Por conta do coronavírus é que apareceu. Não está tendo participação de recursos federais. São recursos próprios do estado. O governador Rui Costa pediu que a gente fizesse a matemática em torno do orçamento. Estamos fazendo, vamos sentar com o governador, para ver a disposição real de orçamento para que a gente possa garantir a segunda parcela do vale-alimentação estudantil”, disse Jerônimo Rodrigues.

No mês de abril, o governo do estado iniciou a distribuição do vale-alimentação para aproximadamente 800 mil estudantes da rede estadual. Se for aprovada a segunda remessa do vale-estudantil, os cartões serão reabastecidos e as famílias poderão comprar em qualquer mercado credenciado.

“A decisão do governado em pagar uma segunda parcela, já temos nas escolas, até a próxima semana, todos os estudantes terão o cartão na mão e não precisarão buscar apenas uma ou duas redes. Se tivermos uma segunda parcela, com certeza não teremos aglomerações”, afirmou o secretário.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.