Prefeitura interdita 52 estabelecimentos na Pituba no primeiro dia do novo decreto de medidas restritivas

Redutor de velocidade é implantado em trecho com piso compartilhado (Foto: Almiro Lopes/Arquivo CORREIO)

No primeiro dia de validade do novo decreto municipal que estabelece regras mais rígidas para o distanciamento social no bairro da Pituba, em Salvador, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), interditou 52 estabelecimentos nesta quarta-feira (13).

Publicado nesta terça-feira (12), o decreto 32.339 determina que somente serviços essenciais como farmácias, mercados, bancos e lotéricas, continuem funcionando no bairro, que tem uma das mais altas taxas de contaminação da Covid-19 da cidade.

As padarias Super Pão e Perini foram algumas das lojas que foram interditadas nesta manhã, assim como o frigorífico do Mané, a loja de alimentos naturais Noz Moscata, a barbearia Guardini Barber Shop e uma lanchonete.

Inicialmente, as medidas vigoram por sete dias, com encerramento no dia 19 de maio. Bares e restaurantes podem funcionar somente com o serviço de delivery, agora sem a permissão para a retirada do alimento no estabelecimento. Serviços de saúde, laboratórios de análises clínicas, veterinárias e comércio de insumos hospitalares também se enquadram na lista de serviços essenciais.

O decreto determina ainda o bloqueio de trechos do calçadão da Orla, para impedir a prática de atividade física e assim diminuir a circulação de pessoas.

Além das medidas restritivas, a Prefeitura promove ações que visam a proteção às vidas, como a distribuição de máscaras, cestas básicas e realização de testes rápidos para detecção do novo coronavírus.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.