Ministério da Saúde não se posiciona sobre compra de vacina mesmo após proposta de acordo da Pfizer

Após a divulgação de resultados animadores referentes à taxa de imunização de sua vacina contra o novo coronavírus, a Pfizer Brasil informou que ainda não há acordo com o governo federal para a aquisição do imunizante. De acordo com a empresa americana, o Ministério da Saúde não deu nenhuma resposta sobre um possível compra da vacina, apesar de contatos feitos em julho.

Através de nota, o ministério afirmou que acompanha diversas pesquisas que buscam vacinas que previnam a Covid-19 e que todos os imunizantes com estudos avançados estão sendo analisados pelo governo federal.

“Todas as vacinas com estudos avançados no mundo estão sendo analisadas, inclusive a do laboratório Pfizer. Atualmente, o Ministério acompanha cerca de 254 pesquisas, algumas com testes já bem avançados. Todas as apostas necessárias serão feitas para achar uma solução efetiva, em qualidade e quantidade necessárias para imunizar a população brasileira”, diz a nota. 

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.