Fabio Mota fala sobre implantação de medidas restritivas na Santa Cruz; bairro terá testes rápidos para detecção do Coronavírus

Foto: Bahia Sem Fronteiras

A partir da próxima quinta-feira (18), o bairro da Santa Cruz será alvo de um conjunto de medidas de combate ao coronavírus. Dentre algumas das medidas previstas no decreto, que incialmente terá validade de sete dias, está o fechamento dos comércios formal e informal da localidade, com exceção das atividades essenciais consideradas essenciais. Além disso, o local também será alvo de ações de distribuição de máscaras e testes rápidos para detecção do Coronavírus.

Em entrevista exclusiva ao Nordesteusou (NES), o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, responsável pela coordenação das atividades, explica que ações é fruto do grande aumento no número de pessoas infectadas. Atualmente, o bairro tem 219 casos registrados da doença.

“As ações na Santa Cruz são a favor da vida. Nós observamos que nos últimos 30 dias aumentou bastante o numero de casos de Coronavírus assim como também a incidência de aglomerações em toda essa área. A partir de quinta-feira entraremos fazendo a higienização das ruas, suspendendo o comércio formal e informal, além da distribuição de máscaras e a montagem de um posto de testagem do Coronavírus.  Temos um prazo de sete dias e durante esse período vamos analisando cos dados e ai depois o prefeito vai resolver se continua ou não”, explicou Mota.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU