Elevador Lacerda e plano inclinado Liberdade/Calçada têm reduzida capacidade de passageiros

Medida da prefeitura de Salvador foi divulgada nesta terça-feira (17).

Por G1

O Elevador Lacerda e o plano inclinado Liberdade/Calçada, em Salvador, tiveram a capacidade de passageiros por cabine reduzida, como forma de prevenção contra a proliferação do coronavírus. A medida foi divulgada pela prefeitura, nesta terça-feira (17).

No Elevador Lacerda, a redução será de 64 para 40 passageiros por cabine. No Plano Inclinado Liberdade/Calçada, o transporte por cabine será reduzido de 25 para 15 passageiros.

A administração municipal ainda informou que , com relação aos ônibus com o ar-condicionado, o não há a necessidade de desligar o ar, já que o sistema é completamente renovável.

Na segunda-feira (16), o governo da Bahia e a prefeitura de Salvador estabeleceram regras de higienização nos transportes públicos como prevenção contra o novo coronavírus. Entre as medidas estavam:

  • Os transportes de massa devem manter uma política de limpeza diária e frequente com produtos saneantes nas superfícies de contato dos passageiros.
  • Proceder a limpeza com água e sabão, ou álcool a 70%, pelo menos uma vez ao dia de superfícies que são tocadas com muita intensidade tais como maçanetas, interruptores de luz, telefones, teclados e torneiras;
  • Intensificar os procedimentos de limpeza e desinfecção nos terminais e meios de transporte, reforçando a utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI). Os trabalhadores que realizam esta atividade devem ser alertados para terem maior atenção ao disposto nesta resolução.
  • Reforçar o uso de EPI para os trabalhadores que realizam esgotamento sanitário dos meios de transporte e fossa séptica.
  • A administradora dos terminais de ônibus e metrô deve considerar a ampliação da quantidade dos locais para a higienização das mãos ou disponibilizar pontos com álcool gel a 70%. É importante que os locais disponham de sabonete e água corrente para estimular a correta higienização das mãos.
  • A autoridade local deve estabelecer regras próprias para portos, aeroportos e rodoviárias com triagem e testagem de passageiros oriundos de cidades onde já se saiba da ocorrência de transmissão comunitária da COVID-19.
COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.