Coronavírus: Brasil ultrapassa marca de 100 mil infectados e 7.025 óbitos

Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo

O Globo

O Brasil atingiu neste domingo a marca de 101.147 casos diagnosticados e 7.025 óbitos pelo  novo coronavírus, segundo boletim do Ministério da Saúde. Houve um aumento de 4.588 ocorrências confirmadas e 275 novas mortes desde o último balanço do governo, divulgado no sábado.

Com os novos dados, o Brasil passou o Irã e tornou-se o nono país com maior número de infecções, atrás de EUA, Espanha, Itália, Reino Unido, França, Alemanha, Rússia e Turquia.

Em relação ao número de óbitos, o Brasil ultrapassou a Alemanha e é, agora, o sétimo em que há mais registro de casos letais. O ranking é liderado por EUA, Itália, Reino Unido, Espanha, França e Bélgica.

Nos países europeus, porém, a curva de novos casos e óbitos está se achatando, enquanto no Brasil ela continua em escala crescente. Epidemiologistas estimam que a pandemia chegará ao ápice em território nacional na segunda quinzena de maio.

A epidemia que foi trazida ao Brasil pelas classes média e alta, pressionando a rede particular de hospitais, agora abate a periferia das grandes cidades do Brasil. O novo coronavírus já provocou o colapso do sistema de saúde do Amazonas e do Ceará. A rede hospitalar de Pernambuco também está seriamente comprometida. Em todos os estados, a falta de equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde, testes e respiradores é uma queixa comum.

O estado de São Paulo concentra 31,4% (31.772) do total de infecções e 37,3% (2.627) dos óbitos registrados em todo o país. Em seguida vem o Rio de Janeiro, com 11.139 casos e 1.019 mortes. Os dois estados são governados por opositores do presidente Jair Bolsonaro, João Doria (PSDB-SP) e Wilson Witzel (PSC-RJ), que cobram um discurso do governo federal favorável ao isolamento social.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.