Coronavírus: Bahia registra 9 óbitos em 24h

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a Bahia registrou nove óbitos relacionados ao novo Coronavírus nas últimas 24h. Já são 1.845 casos confirmados do novo Covid-19 em todo o Estado com um total de 62 vítimas fatais.

Ainda segundo a Sesab, 428 pacientes já estão recuperados e 1.355 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica com sintomas da Covid-19.

No momento, 231 pacientes confirmados para Covid-19 em toda a Bahia encontram-se internados, sendo 67 em UTI. O boletim epidemiológico registra ainda 5.360 casos descartados e 10.919 notificações. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 62 mortes pelo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Capim Grosso (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (2); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (34); Uruçuca (3); Utinga (1); Vitória da Conquista (1). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quinta-feira (23).

O 60º óbito ocorreu ontem (22), em um hospital público de Salvador. A paciente era uma mulher de 83 anos, com histórico de demência avançada, AVC hemorrágico, hipertensão, insuficiência de comunicação, imobilidade, disfagia, tromboflebite crônica de veia cefálica e dupla incontinência.

O 61º óbito foi registrado ontem, em um hospital público da capital. A paciente era uma mulher de 90 anos, com Doença de Alzheimer em fase avançada.

A 62ª morte aconteceu na última segunda (20), em uma unidade de saúde do município de Uruçuca. O paciente era um homem de 35 anos, cardiopata.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.