Contrariando medicina, Trump sugere que injeção de desinfetante pode tratar coronavírus

Declaração gerou indignação em especialistas e autoridades médicas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contrariou indicações da medicina ontem (23) ao sugerir o uso de injeções de desinfetante contra a Covid-19. A informação é da Folha.

“E aí eu vejo o desinfetante, que derruba [o coronavírus] em um minuto. Um minuto! E tem um jeito de a gente fazer algo, uma injeção dentro ou quase uma limpeza? Porque, veja bem, ele entra nos pulmões e faz um trabalho tremendo nos pulmões, então seria interessante checar isso. Então, será preciso ver com os médicos, mas soa interessante para mim”, afirmou, em entrevista coletiva na Casa Branca.

O presidente ainda fez alusão a supostos tratamentos para o coronavírus com radiação ultravioleta, novamente sem evidência científica de que eles funcionem. “Talvez seja possível, talvez não seja. Eu não sou médico. Mas eu sou, tipo, uma pessoa que tem um bom você sabe o quê”, disse.

A declaração gerou indignação em especialistas e autoridades médicas. Não é a primeira vez que Trump ignora evidências científicas na pandemia da Covid-19. Mesmo sem estudos que comprovem a eficácia, o presidente tem promovido a utilização da hidroxicloroquina, medicamento usado no tratamento da malária e outras doenças.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.