Conheça a história de empreendedores de moda no Nordeste de Amaralina

Ao longo destes pouco mais de cinco meses de pandemia, o Nordesteusou trouxe diversos exemplos de empreendedorismo dentro do Complexo Nordeste de Amaralina. Pessoas que, por conta da grave crise sanitária perdeu o emprego, teve a renda diminuída ou até que moradores que encontraram no momento de adversidade a oportunidade pôr em prática o sonho do próprio negócio. Nessa reportagem teremos dois exemplos de “novos empresários”, Everton Celebridade e Gilmara Nascimento  que encontraram no ramo da moda e confecção a chance de incrementar a receita.

Everton dos Santos Arruda, 30 anos, mais conhecido como Everton Celebridade, veio ao mundo com a arte no sangue.  Nascido e criado no bairro da Santa Cruz, o jovem desde a infância gostava de dançar. Aos 16 anos criou o grupo de dança “Oz Bad Boys”, que logo caiu no gosto da moçada do bairro.  “Fomos considerados o grupo campeão em audiência ganhando vários concursos de dança dentro e fora da comunidade eu já tinha o dom da arte”, conta o empresário. Em 2010, Everton chegou a se tornar dançarino “linha de frente” da “Banda Sheik Stile “, mas como fim do grupo deu um tempo na dança. Com a veia artística em ebulição e com a inquietação dos grandes artistas, o jovem resolveu unir o útil ao agradável: resolveu investir no ramo da moda, trabalhando estilista em uma empresa criada por ele mesmo. Surgiu assim a CELEBRITY.

“Com o tempo, não tinha mais nada o que fazer…Comecei a trabalhar em um pequeno ateliê, fui aprendendo e a coisa começou a fluir. Tive então a ideia de fazer a minha própria marca. Hoje, vendo camisa, short, bermuda, saia, camisas unissex, mascaras, fardamento… Também visto banda e grupos de dança. Me inspirei muito no Jeff Bezos, o dono da Amazos”, conta.

“Não compro roupa feita. Pego a obra-prima que é comprar o pano e os materiais que preciso. A serigrafia também sou eu que coloco as logomarcas na roupa. Eu corto e boto na costura. A costura eu terceirizo.  Sou um estilista destemido. Faço qualquer tipo de roupa que a pessoa quiser. Se me mostrar eu faço. Atualmente, tenho feitos mais roupas Long Line e Fiteness. Procuro sempre colocar qualidade e preço baixo. Minha marca está chegando agora. A ideia é expandir. Roupa de qualidade e preço baixo. Eu acredito que vou criar um produto pra eu vender no mundo todo”, ressalta o estilista.

Para Everton o céu é o limite. Seu grande sonho é expandir os sua marca e seus negócios, inclusive contribuindo na economia do bairro onde nasceu: “O objetivo é crescer, colocar outras coisas como bonés, tênis, relógio, corrente…Tudo envolvido com o nome da marca CELEBRITY. Com o tempo vamos, inclusive, poder dar emprego a pessoas do bairro, abrir portas para a comunidade, pois a união faz a força. Outros moradores podem também aprender a empreender. Assim como eu consigo, todos podem conseguir. Basta somente acreditar e correr atrás. Nada é fácil, mas a gente consegue. É só ter fé que tudo acontece. Outro sonho que tenho é ter uma fábrica de confecção e uma indústria de pano.”.

Máscaras – Com a pandemia do novo Coronavírus e a obrigatoriedade do uso de máscaras, Everton viu na crise a oportunidade de fazer negócio. As máscaras CELEBRITY se tornaram febre no bairro.  “aproveitei a pandemia comecei a confeccionar minhas próprias máscaras. Mascaras com minha própria marca que criei absolutamente do zero. E graças a Deus hoje já vendemos milhares de máscaras na comunidade. As coisas estão fluindo porque tudo está sendo feito de coração, respeitando a tudo e a todos”, comemora.

Belly Boutique – História semelhantes tem Gilmara do Nascimento Silva, nascida e criada na Chapada do Rio Vermelho. Hoje, empresária do ramo de confecções e proprietária da Belly Boutique, Gilmara trabalhava na área de estética, porém, empreendedora nata, sempre buscou alternativas a fim de incrementar a renda de casa.

“Abri um restaurante junto com meu esposo no ano de 2017, logo em seguida engravidei do meu segundo filho daí precisei fechar o restaurante. Passei   a vender geladinho gourmet e trufas.  Vendo a necessidade de ajudar ativamente nas despesas de casa, tive a ideia de investir no comércio de roupas femininas, a princípio moda plus size e, hoje em dia, todos os tamanhos”, conta Gilmara.

“A expectativa é a cada dia aumentar a nossa clientela para que eu possa me manter no mercado de forma competitiva. Espero continuar empoderando mulheres nessa área que eu amo. Procuro principalmente atender ao público Plus Size pois encontram bastante dificuldades em encontrar roupas adequadas ao seu biótipo. Trabalho com um modelo de sutiã que é o meu carro chefe nas vendas pois atende do tamanho 44 ao 54 e tem uma imensa qualidade e resistência, procuro trabalhar roupas diferenciadas e modelos totalmente atuais não deixando de atender também ao biótipo slym. ”, diz a empresária.

Os atendimentos são personalizados e acontecem via Whats App ou Instagram (ver abaixo).

“Futuramente penso em uma loja física, mas no momento me dedico a atender bem a todos através das redes sociais e contamos com um excelente serviço de entrega”, projeta.

Mais informações:

Celebrity Multimarcas:

Instagram: https://www.instagram.com/celebrity.multimarcas/

Belly Boutique

Instagram:

@mara.plus.size

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU