Comunidade lamenta passagem da professora Clarice

A comunidade acordou mais triste com o passamento da professora Clarice Pereira, 59 anos, vítima da covid-19. Nascida e criada na região, Clarice formou-se em magistério no ICEA. Era Pedagoga e pós graduada em História Social, Cultura Africana e Afro-Brasileira. Com serviços prestados à região do Nordeste de Amaralina, Clarice se destacou pela incessante luta em favor da educação e contra o racismo. Ensinou em diversas escolas da região e foi diretora da Escola Santo André por mais de dez anos. Histórica militante, Clarice deixa como principal legado o exemplo de luta em prol daqueles que mais precisam.

Foi uma das fundadoras da Associação dos Moradores do Nordeste de Amaralina e do núcleo da Unegro-Nordeste. Professora Clarice era militante do PCdoB e dos movimentos comunitários, negro, feminista e sindical há 26 anos.

Diversos representantes da comunidade lamentaram a passagem da educadora.

“Perdemos , mais que uma professora, mãe, mulher negras e guerreira.
Perdemos um dos símbolos do Nordeste de Amaralina. Combateu o bom combate, guardou a fé e deixou todos nós com sentimento de falta alguém na luta”.

Rodrigo Coelho – advogado

_____________________________

“Guerreira que nunca fugiu da luta, uma das grandes incentivadoras do NORDESTEUSOU, Clarice não era só uma professora, era uma grande Líder do Nordeste de Amaralina, hoje choramos a perda de uma grande figura que por muito tempo lutou por nossa comunidade, seu legado jamais será esquecido. Professora Clarice Presente”.

Jefferson Borges – diretor geral do Nordesteusou

______________________________

“O presidente da ABCN em nome de todos seus Associados, lamenta está perda para a comunidade e presta aqui sua homenagem a está lutadora, nossos sentimentos a toda família. Fiquem em casa e com Deus!!!!!”.

Bino – presidente da ABCN

______________________________

“Hoje o dia amanheceu triste com a notícia da morte da Professora Clarice, uma líder comunitária e sindical do Nordeste de Amaralina, que tive o prazer de conhecer e estar ao lado em diversas lutas. Vítima da Covid19, Clarice foi uma guerreira que sempre brigou pela educação pública de qualidade, pela democracia e pela sua comunidade. Fará enorme falta a todos. Meus sentimentos à toda família e amigos desta guerreira”.

Lídice da Mata – deputada federal

______________________________

“Notícia tão triste. Professora Clarice uma das maiores referências da educação na Bahia e uma das mulheres admiráveis da região. Que descanse em paz na certeza que seu legado permanecerá. Que Deus possa confortar amigos e familiares pra conseguir suportar esse momento de dor”.

Andreia Macedo – diretora do Centro Social Urbano (CSU).

______________________________

“Nós todos lamentamos a morte precoce de uma mulher negra que marcou seu tempo, dedicada à luta por melhores condições de vida do seu povo. Essa tarefa se dividia entre o sindicato da sua categoria a “APLB”, e a comunidade onde nasceu o Nordeste de Amaralina. A professora Clarice como era conhecida de todos nos, deixa um grande legado. Os espaços que ela ocupava na sociedade sempre foram de luta por emancipação deu nosso povo nesse sentido é uma perda irreparável. Compartilhamos da dor de sua familia e seus amigos”.

Eudes oliveira – líder comunitário

________________________________

“Hoje o Nordeste de Amaralina e adjacências acordou triste. Perdemos a Pró Clarice para a Covid-19. Mulher negra, feminista, líder comunitária, amiga da comunidade, professora, sempre reivindicou melhorias para o nosso bairro, principalmente na área de Educação. Vai deixar muita saudade…Não vou mais ouvi-la gritar, do alto de um dos Camarotes do #CarnavaldoNordestedeAmaralina, o qual ela administrava junto com outras lideranças, com aquele sorrisão acolhedor: “Capitã Sheila, sobe aqui venha beber uma água!”, quando eu estava trabalhando. Este ano até brincamos juntas pela primeira vez, em um dos meus dia de folga. Era a despedida…”

Sheila Barbosa – Capitã da PM

________________________________

“Falar de Clarisse é dizer que a região Nordeste de Amararalina é a sua alegria. Conheço há mais de trinta anos , sempre na luta juntamente com Tânia Palma em busca de formar lideranças para atuar em prol de um Nordeste de Amararalina melhor. Sempre com seu sorriso no rosto defendendo as causas dos excluídos. Ensinou em várias escolas do bairro fazendo questão de formar cidadãos, exigindo sempre o melhor para seus alunos, defendendo as causas para melhoria da educação do bairro. Nos deixa em um momento difícil. Com certeza, assim como eu, estava se preocupando em ajudar as pessoas principalmente com alimentação e conscientização. Deixa pra nos um grande legado. RESISTÊNCIA”

Dona Vera- líder comunitária

__________________________________

“Lembro-me que nas primeiras reuniões da minha vida, a fala calma e esperançosa de uma mulher negra, educadora e comunista me chamou atenção. Clarice nos ensinou que educação era um dos pilares fundamentais para qualquer transformação. É sem dúvida uma importante personalidade em minha formação. É sem dúvida um nome histórico. Sua ausência material nos abalará por muito tempo.”

Almir Odun Ará – líder comunitário

________________________________________

“Cada dia que passa nessa pandemia mais pessoas deixam de ser números para ter nome. Infelizmente, agora, foi nossa grande lider de todos tempos, professora Clarice, que sempre esteve na defesa do Nordeste de Amaralina, sempre atenta às dificuldades e na luta contra o racismo e machismo, um dos grandes exemplo a serem seguido.
Tenho certeza que ela jamais morrerá em nossos corações, pois o seu legado e carinho por todos permanecerá sempre vivos !!
Siga em paz minha professora , que os orixás te cuidem o mesmo tanto que cuidou de nós”.

Cristiano Lima – Conegro

___________________________________

Em nota a Escola Municipal Santo André expressou a importancia de Clarice:

Escola Municipal Santo André

Nota de pesar

Recebemos com sentimento de profundo pesar a notícia do falecimento da professora Clarice Pereira dos Santos. Clarice foi diretora da nossa escola por muitos anos e atualmente fazia parte da diretoria da Aplb-sindicato.
Lamentamos imensamente sua perda e neste momento de dor e tristeza, em nome de todos da Escola Municipal Santo André, expressamos, consternados, condolências aos familiares e amigos.

Declaramos nossa honra e gratidão pelo privilégio da convivência com esta pessoa maravilhosa, grande educadora que deixa seu legado construído ao longo de tantos anos dedicados à Educação.

Diante desta perda inestimável, reconhecendo sua importante trajetória, deixamos aqui nossos sinceros pêsames e rogamos a Deus conforto espiritual e força a todos🖤.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU