Bolsonaro convida general para assumir lugar de Teich, se ele se demitir

Segundo a coluna Radar, da revista Veja, presidente já se antecipa à saída do ministro da Saúde, que não concorda com a glorificação da cloroquina

Por Metro 1

Ciente de que o ministro da Saúde, Nelson Teich, pode se demitir do governo por não concordar com a glorificação da cloroquina, o presidente Jair Bolsonaro chamou o general Eduardo Pazuello, número dois da Saúde, e perguntou se ele aceitaria o cargo, caso Teich saísse. Pazuello aceitou. A informação é da coluna Radar, da revista Veja.

Teich já deu sinais a auxiliares de que está arrependido de ter topado a intervenção militar proposta por Bolsonaro na sua gestão. Segundo a coluna, embora o ministro da Saúde seja o chefe, ele não manda  no subordinado Pazuello, que presta contas diretamente ao presidente.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.