Bloco “As Graxeiras” leva alegria e irreverência para o Circuito Mestre Bimba

Uma turma de amigos que se reuniram para curtir o carnaval de forma criativa e irreverente. Esse é o caso da turma do bloco “As Graxeiras”. Devidamente caracterizados, a galera abusa nas brincadeiras e provocações, mas sempre com bom humor. “Aí gostosa”, grita um. “Venha cá, meu amor”, responde a outra “graxeira”.

De acordo com o idelizador do bloco, José Carlos Sacramento, morador do Nordeste de Amaralina há 50 anos , na região da Bananeira, o que era uma simples brincadeira vem crescendo a cada carnaval. “O que era uma coisa simples se tornou no que estamos vendo hoje. Muita alegria. Estamos no terceiro ano de sucesso absoluto. Pretendo ver cada vez mais ver o nosso bloco crescer”.

Mostrando o poder de superação do povo do Nordeste de Amaralina, que mesmo com todas as adversidades consegue expressar sua alegria, José explica a escolha do tema da fantasia: “Graxeira por que lá na rua, quando chove, a casa alaga e a gente tem que puxar a água com o rodo e a vassoura. Viramos todos umas graxeiras. Quem quiser participar só falar comigo e vai virar uma graxeira”, disse o “graxeiro”.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU