Audiência Pública discute indenização a família de jovem morto em ação da PM no Nordeste de Amaralina

Será realizada nesta terça-feira (10), às 10h, no Fórum Ruy Barbosa,  a primeira Audiência Pública sobre o caso da morte de Carlos Alberto Conceição dos Santos Júnior, assassinado aos 22 anos, durante uma ação da Polícia Militar no Nordeste de Amaralina. A família do jovem cobra uma indenização por parte do Estado.

Carlos Alberto acabou vitimado em uma operação realizada pela PM no dia 13 de junho de 2013. Em 2015, três policiais foram denunciados pelo Ministério Público estadual (MP-BA), por meio da promotora de Justiça Isabel Adelaide Moura, acusados de matar o jovem.

A vítima era filho do mestre de capoeira Bozó Preto e primo do garoto Joel Conceição, o menino Joel, também morto pela polícia, aos 10 anos, em 2010.  

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU