ACM Neto critica decisão do MP-BA e cogita a possibilidade de subir a tarifa de ônibus para R$ 5

Dinaldo Silva / BNews

Após o Minstério Público do Estado da Bahia (MP-BA) obrigar o Município de Salvador a retomar a circulação da frota de ônibus em 100%, o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) levantou a possibilidade de subir as tarifas de ônibus para R$ 5 na capital. De acordo com Neto, a medida ajuízada pelo MP-BA pode comprometer o orçamento da gestão municipal para 2021.

“O Ministério Público sabe que a conta não fecha e empurrou a conta para o meu colo. Não tem problema, não. A recomendação do Ministério Público hoje é inexequível. Na projeção mais otimista, depois de todas as atividades retomadas, devemos chegar a 80% do número de passageiros, com 100% da frota rodando. Quer tratar o assunto com seriedade? Faz como a gente está fazendo. Focaliza nos horários de pico, vê onde tá tendo superlotação e coloca ônibus nesses lugares. É assim que se faz de forma responsável”, disse o prefeito.

“O outro caminho é passar a conta para o usuário.  É fazer com que a passagem de ônibus vá a R$ 5 em Salvador”, completou.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU