Moradores do bairro fazem balanço da folia no Circuito Mestre Bimba

No último dia de folia e após terem curtido seis dias no circuito Mestre Bimba, moradores fizeram um balanço do carnaval do bairro. A unanimidade é no quesito infraestrutura fornecida pelos poderes públicos, onde todos os entrevistados afirmam um certo descaso por parte das autoridades.

Questões básicas como postos de saúde e banheiros químicos por exemplo, são maioria nas queixas. “É um tremendo descaso o que estão fazendo com agente aqui. Um absurdo, nem parece que é circuito oficial. Estive na Ondina ontem e a estrutura é outra!”, afirma a universitária Lorena. Ela ainda acrescenta: “As vezes eu acho que só fizeram dar esse título por questões políticas e nada mais. Se uma pessoa passa mal ou tem algum acidente é um desespero.” Claudia uma outra moradora, complementa: “Os banheiros que eles mandam são insuficientes, meia dúzia de banheiros não resolvem o problema da multidão, resultado, o povo acaba fazendo suas necessidades em qualquer lugar.”

Já a cozinheira Alaíde, destaca a iluminação ou a falta dela. “É preciso mais iluminação, porque em determinados pontos do circuito quase não enxergamos uns aos outros.” Segundo a mesma a irmã chegou a se machucar no circuito devido a falta de iluminação: “Minha irmã vinha atrás de um dos blocos e como o local estava com pouca luz ela acabou não vendo uma saliência no asfalto e acabou caindo.”

Para Rafael tatuador, há um descaso também por parte de alguns veículos de imprensa que por sua vez não dão ênfase nas suas transmissões no carnaval do Nordeste. “Fico impressionado com a mídia local que, apesar de fazermos parte da programação oficial do carnaval de Salvador, ainda somos tratados como carnaval de bairro. Ainda bem que contamos com vocês do NES, para além de transmitir, nos manter informados. Obrigado por tudo”, parabenizou.

COMPARTILHAR
Pedro Leonardo
Apaixonado por todos os tipos de arte, fanático por futebol, não dispenso o ócio criativo, designer e estudante de comunicação, aspirante de fotógrafo e sobrevivente do sistema!