Uma cobra Jiboiá foi encontrada próxima a Ladeira da Santa Cruz na noite desta Segunda.

Uma cobra jibóia circulava livremente pela avenida Juracy Magalhães

Foto Reprodução

Cinco de junho de dois mil e dezoito. Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi referendada em 1972 durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano. Nesse dia é importante que todos reflitam sobre o meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele. Coincidência ou não, justamente no dia de hoje, aqui nas proximidades, podemos ver de forma categórica uma das consequências do desmatamento nas áreas urbanas. Uma cobra jibóia circulava livremente pela avenida Juracy Magalhães, próximo à entrada da Santa Cruz.

A denúncia que chegou ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (Inema) dão conta de que a serpente se encontrava em frente ao tapume das obras do BRT. Vale ressaltar a polêmica em torno da implantação do BRT, onde entidades ambientais e da própria sociedade civil, declararam-se contra o modal devido aos “desastrosos” impactos que o mesmo pode causar sobre o meio ambiente. A retirada de de árvores do canteiro central das Avenidas ACM e Juracy Magalhães, além da canalização dos rios Lucaia e Camarajipe são um dos pontos de principal reclamação. É importante também lembrar que a fuga de animais silvestres para áreas urbanas resulta do desequilíbrio ambiental, por sua vez, fruto do desmatamento desenfreado. Com a palavra a Prefeitura Municipal de Salvador.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU