Três meses após explosão de gás no Vale das Pedrinhas, moradores aguardam decisão sobre imóveis.

Restos das casas que ficaram destruídas na explosão permanecem no bairro Vale das Pedrinhas. Sedur fala em demolição parcial de um imóvel, mas área ainda será reavaliada.

Imóveis que foram demolidos parcialmente no Vale das Pedrinhas, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Por G1 Bahia

A explosão de gás no Vale das Pedrinhas, em Salvador, que deixou quatro mortos, completou três meses no dia 12 de julho e os moradores do local aguardam decisão sobre imóveis afetados.

O acidente ocorreu em um apartamento que ficava em um prédio de três andares. Entretanto, as casas próximas ao prédio também tiveram suas estruturas abaladas por conta da explosão.

Parte do prédio ficou de pé, e casas vizinhas foram condenadas pela Defesa Civil. Com isso, dez famílias que ocupavam sete casas do bairro tiveram que deixar os imóveis. Os moradores revelam que recebem o aluguel social, mas querem saber o que será feito com suas casas.

“A gente está aguardando a Sedur, a Codesal, quem vier fazer a demolição. A gente tem que sair do aluguel”, disse o morador Fróes Oliveira.

Em nota, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) disse que, por medida de segurança, vai fazer uma demolição parcial de um imóvel que fica na rua do Campo, no Vale das Pedrinhas, mas não detalhou a data. Informou ainda que só depois dessa demolição, a Codesal vai avaliar a área para liberar ou não os imóveis.

A dona de casa Joanita dos Santos morava sozinha e relembra o esforço que precisou fazer para construir a casa que foi atingida pela explosão. Ela não estava no imóvel, quando a explosão ocorreu.

“Trinta anos trabalhando, criando os filhos para ter esse barraco, e não tenho nada mais. Eu fazia faxina de manhã, de tarde ia fazer outra faxina de noite, chegava, botava os meninos na escola e 5h da manhã ia para Stella Mares”, contou.

Os moradores contam que aguardam uma decisão sobre os imóveis, pois desejam reconstruir suas vidas e casas no Vale das Pedrinhas.

“A gente quer uma resposta de quando é que eles vão vir para terminar o que começaram”, disse a moradora, Lucilene Soares.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.