Ticiane da Chapada do Rio Vermelho conquista o 2ª lugar no Garota BCS 2019

Foi com um friozinho na barriga que 19 jovens entraram na passarela para disputar o título de Garota BCS de Salvador, na noite desta terça-feira (10). Nos últimos meses elas participaram de uma seletiva nos 19 bairros em que há Bases Comunitárias de Segurança (BCS) na capital. Essa foi a 5ª edição do concurso.

Lorena participou da última seletiva, em outubro (Foto: Divulgação)

O evento aconteceu no Gran Hotel Stella Maris e a vencedora foi a estudante de enfermagem Lorena Lopes de Oliveira, 21 anos, representante da Base Comunitária do Calabar. “Estou muito feliz. Até pouco tempo não acreditava que isso seria. Agradeço a todos os responsáveis por essa vitória, muito obrigada”, disse.

Foto Divulgação

Ticiane Oliveira dos Santos, representante da Base Comunitária da Chapada, ficou em segundo lugar. Já Ângela dos Santos Gomes da Silva, da BCS do Bairro Da Paz garantiu a terceira colocação. Todas as participantes tiveram que desfilar com três trajes: casual, banho e noite. Elas foram avaliadas por um corpo de jurados do qual fazia parte especialistas em moda, e os três primeiros lugares ganharam um curso de modelo na agência One Models, kits de beleza e design de sobrancelha. Além da faixa, o primeiro lugar levou também um notebook. A segunda colocada recebeu um tablete, e a terceira um kindle.

A animação da festa ficou por conta da Banda Primeiro Som, composta por instrutores, que são policiais militares, e integrantes dos projetos das BCS, e o DJ Jhone. O titular da Secretaria de Segurabça Pública (SSP), Maurício Barbosa, e o comandante geral da Polícia Militar, Anselmo Brandão, assistiram à cerimônia. 

O concurso é promovido pela Polícia Militar, através do Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos, e tem como objetivo valorizar a autoestima das meninas e estreitar a relação entre a corporação e a comunidade. Para muitas delas essa é também a oportunidade de encontrar uma carreira para seguir.

A vencedora da 1ª edição do concurso, Bruna Souza, é um exemplo desse sonho. Depois do concurso, ela conseguiu emplacar uma carreira profissional. A modelo, hoje internacional, passou uma temporada em São Paulo e pouco tempo depois se mudou para Londres (Reino Unido), na Europa, onde está morando e desfilando. Ele assistiu ao concurso dessa 5ª edição e participou de um bate-papo com as meninas.

Lorena ficou emocionada (Foto: Divulgação)

Outro exemplo é a modelo Vanessa Amorim, finalista do Garota BCS 2018. Ela não levou o título daquele ano, mas atraiu a atenção dos especialistas em moda. Esta semana, a jovem embarcou para Ásia, onde passará uma temporada de seis meses na Turquia, Índia e China para trabalhar como modelo.

COMPARTILHAR
Avatar
Publicitário, Ativista Social e Fundador do Portal NORDESTeuSOU.