Servidores federais querem aderir ao Planserv

Categoria pede o apoio ao líder de Governo na Alba

Em atendimento ao pleito dos servidores federais da Bahia e de Sergipe, interessados em aderir ao Planserv, representantes do mandato do deputado Rosemberg Pinto e da categoria, além de gestores do plano de saúde, se reuniram nesta semana para articularem proposições.

Uma vez concretizada a negociação nos dois estados, uma das propostas é firmar um convênio com o Ipesaúde para garantir o atendimento de urgência para os conveniados federais que estejam em trânsito pelas duas unidades federativas.Participaram do encontro membros das comissões Pró – Saúde dos Servidores Federais de Sergipe (Sintsep/Se) e dos Servidores Federais da Bahia (Sindprev), da Confederação dos Trabalhadores de Seguridade Social, de representantes da Associação da Polícia Federal, além das presenças do assessor jurídico do mandato, Rodrigo Coelho e da coordenadora geral do Plano de Saúde dos Servidores do Estado da Bahia – Planserv, Socorro Brito.

Na reunião, Socorro fez uma explanação sobre o funcionamento do Plano de Saúde do Governo estadual e manifestou grande interesse na proposta de extensão do Plano aos federais, se comprometendo em fazer um estudo de viabilidade técnica e operacional. “Somente na Bahia são em torno de 35 a 37 mil servidores federais de diversos órgãos. A ideia é construir uma assembleia com toda essa representação para discutir a proposta. Tivemos experiências bem sucedidas em Goiás, que servirão de modelo”, justifica o diretor do Sindprev/Ba, Raimundo Cintra.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.