Após atraso na entrega de vacinas, campanha contra raiva é suspensa na Bahia

Problema é nacional e, com isso, Ministério da Saúde priorizou áreas consideradas de risco, que tiveram registros da doença neste ano

Foto : Agência Pará

A campanha de imunização de cães e gatos contra a raiva, que aconteceria neste mês, foi suspensa temporariamente na Bahia, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). O anúncio foi feito depois que o laboratório fornecedor da vacina antirrábica atrasou a entrega para o Ministério da Saúde. Com o atraso, o estado recebeu apenas 16% do que era esperado para o período.

Por meio de nota, a pasta informou que, devido ao atraso, a estratégia de imunização deste ano foi alterada para priorizar municípios com maior risco de epidemia da doença, o que não é o caso da Bahia. O fornecimento será normalizado em novembro.

Segundo a Sesab, era esperada a chegada de 2,5 milhões de vacinas, mas só 400 mil unidades foram recebidas. No entanto, não há desabastecimento.

Em Salvador, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o último recebimento de vacina aconteceu dia 19 de agosto, mas há estoque disponível para as vacinações diárias no município.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.