Salvador ganhará Plano de Marketing Turístico em março de 2020

A cidade de Salvador ganhará, em março de 2020, um Plano de Marketing Turístico que servirá como um guia para ações de comunicação e estratégias de promoção do destino. O plano, que foi licitado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), está sendo realizado pela empresa global Horwath HTL e teve sua primeira reunião pública com a participação de membros do trade turístico nesta segunda-feira (2).

O Plano de Marketing Turístico da cidade servirá, por exemplo, para promover o destino Salvador nos mercados regionais, nacionais e internacionais, além de definir diretrizes para divulgação da cidade em meios de Comunicação. O plano irá auxiliar a prefeitura a traçar uma estratégia para atuação no setor. A ideia é que o documento traga, à curto prazo, o acréscimo de turistas na cidade e, à longo prazo, uma orientação do que a Prefeitura deve promover do Turismo local.

A participação ativa do trade turístico, como ocorreu nesta segunda (2), está prevista no Memorial Descritivo do Plano, elaborado pela Prefeitura, com a realização de pelo menos duas grandes reuniões públicas com 50 membros do setor para panorama da situação atual e avaliação do produto final.

Participaram, na reunião de hoje, o Sebrae, o Senac, o Sindicato de Guias de Turismo do Estado da Bahia (Singtur-BA), a Associação Brasileira de Bares e Restaurante (Abrasel-BA), a Associação Baiana de Empresas de Turismo Receptivo (ABRE), o Sindicato da Empresas de Turismo do Estado da Bahia (Sindetur), a empresa administradora do aeroporto de Salvador Vinci Airports, a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav-BA), a Salvador Destination, a Câmara de Turismo da Fecomércio, professores universitários e a Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (FeBHA).

Ao longo da reunião, a empresa de consultoria em hotelaria, turismo e lazer Horwath HTL falou da importância da tecnologia, inovação e da sustentabilidade para o Turismo, além de mostrar fatores que influenciam na escolha do destino turístico pelo viajante e apresentar cases do Turismo global. Ao final da reunião, uma pesquisa sobre a percepção da cidade foi aplicada com os presentes. A Horwath tem mais de 100 anos de atuação no mercado e está presente em mais de 120 países no mundo.

Ao todo, são 10 produtos específicos produzidos pelo documento: um plano de trabalho; uma análise atual da oferta turística; uma análise da demanda atual e potencial; da promoção e comercialização do destino e dos seus produtos; dos principais concorrentes nacionais e internacionais; além de uma estratégia de marketing e promoção turística; estratégia de comunicação digital; plano operacional; termos de referência e o documento final.

O plano definirá diretrizes para divulgação e promoção do destino turístico também em meios de tecnologia digitais, como internet, redes sociais e aplicativos, alinhando as ações online e off-line. A estratégia de comunicação digital irá guiar a prefeitura para o uso das ferramentas para atrair os turistas para Salvador.

“A realização de um Plano de Marketing para o turismo da capital irá guiar a prefeitura para ações mais estratégicas, alavancando ainda mais o destino de Salvador nacionalmente e internacionalmente. Até o final de março apresentaremos o plano, estando o utilizando a partir de abril”, afirmou o secretário municipal de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco.

Algumas áreas da cidade foram consideradas prioritárias pela Prefeitura e deverão ser levadas em consideração na elaboração do Plano: o Centro Antigo, a Orla, a Baía de Todos-os-Santos, as Ilhas e os segmentos ligados aos locais.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.