Governador sanciona lei que declara 13 de outubro como Dia da Santa Irmã Dulce

No mesmo dia, neste ano, a beata baiana será proclamada oficialmente santa, em celebração no Vaticano

O governador Rui Costa (PT) sancionou a lei que determina o dia 13 de outubro como Dia da Santa Irmã Dulce dos Pobres.

A sanção foi publicada no Diário Oficial do Estado de hoje (4). No mesmo dia, em outubro deste ano, a beata baiana será proclamada oficialmente santa, em celebração no Vaticano. 

A missa de canonização da freira está marcada para as 10h, em Roma. São esperados 15 mil brasileiros para acompanhar a celebração.

No dia 14, será celebrada a primeira missa com Irmã Dulce já santa, presidida por Dom Murilo, na Igreja Santo Antônio dos Portugueses.

Em Salvador, na Arena Fonte Nova, no dia 20, está marcada a missa de agradecimento, que contará com um espetáculo teatral, encenado por 500 alunos do Centro Educacional Santo Antônio, em Simões Filho.

O projeto de lei para criação da data havia sido aprovado na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) no último dia 7. A proposta foi de autoria do deputado estadual Marquinho Viana (PSB).

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.