Presidente de instituto diz que discurso de ódio é ameaça à liberdade de expressão

Patricia Blanco afirmou que é preciso "enaltecer" a cultura do debate e da conversa para ter uma "sociedade mais democrática"

A presidente do Instituto Palavra Aberta, Patricia Blanco, alertou, em entrevista à Rádio Metrópole, para a relevância de frear a intolerância nas redes sociais.

“É uma ação que tem que partir de cada um de nós. A gente tem que parar com o discurso de ódio e intolerância até para preservar a nossa liberdade de expressão. O que a gente precisa fazer é parar e analisar se a gente está sendo agente desta intolerância ou não. Espero muito que se restabeleça [a tolerância] e a gente volte a ter uma convivência saudável tanto nas redes quanto no convívio social e familiar”, afirmou.

Blanco criticou o comportamento das pessoas nas redes sociais e avaliou que “falta educação digital”. “Como eu devo me comporta no ambiente digital? Da mesma forma que se comporta no ambiente real, no dia a dia”.

Para ela, é preciso “enaltecer” a cultura do debate e da conversa para ter uma “sociedade mais democrática”.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.