MP-BA instaura inquérito para apurar serviço de ônibus oferecido em Salvador

Empresa "Integra OT Trans" será alvo das investigações

Foto: Divulgação/Secom

A empresa “Integra OT Trans” passa a ser alvo do Ministério Público da Bahia (MP-BA). O órgão instaurou um procedimento preparatório de inquérito civil para verificar se a empresa não presta serviços inadequados, “colocando em risco a segurança e integridade física de seus passageiros”. As informações foram publicadas na edição desta terça-feira (9) no Diário da Justiça Eletrônico (DJE).

O MP-BA também quer que a capacidade técnica dos motorista seja analisada, com o objetivo de “conferir potenciais riscos à vida, saúde e segurança dos consumidores”. A missão do Ministério Público de zelar pela regularidade dos produtos e serviços colocados no mercado de consumo, bem como pelo devido respeito aos interesses e direitos dos consumidores”, conclui.

No último dia 13 de junho, um ônibus da linha Mata Escura/Pituba se envolveu em um acidente na região do Acesso Norte, próximo ao Horto Bela Vista, deixando 27 pessoas feridas. O parque argumenta que o episódio gerou danos “de ordem material e moral, dadas as lesões físicas e psicológicas sofridas pelos passageiros”, e aponta a necessidade de que sejam averiguadas as condições mecânicas e de segurança dos ônibus utilizados pela empresa.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.