Jovem de Infância pobre é predestinado á cantar para multidões.

O entrevistado desta semana é o jovem de 20 anos, graduando em Física pela Universidade do Estado da Bahia, morador do Vale das Pedrinhas e membro da Igreja Batista de Amaralina, mas conhecida como MISA do bairro Nordeste de Amaralina.

O jovem, Gustavo de Jesus, em bate papo com a equipe do NES, nos relata seu testemunho e seu talento na música.

NES- Como foi seu processo de Conversão?

GUSTAVO- Um rapaz me chamou para ir á célula, e fui indo, um dia, dois dias, três dias, e depois de várias visitas, me apaixonei, e aceitei a Jesus como único salvador.

NES-QUAL SUA RELAÇÃO COM A MÚSICA EVANGELICA?

GUSTAVO- Na minha infância aos 08 anos, fui um jovem carente, criado somente pela minha mãe, meu pai era vivo porem não morava comigo, ajudava quando podia, não tinha todos os privilégios de uma criança normal, porem sempre fui humilde, honesto e respeitoso com meus pais e com todos aqueles que me arrodeavam, como toda criança que sonha, eu também tinha um sonho e o principal deles era ajudar minha mãe.

Apesar de ser só uma criança, eu tinha plena vivencia com ela e sabia de todas as dificuldades que tinha ao me criar.

Então, moro numa rua onde prevalecia o crime e as drogas, muitos amigos que eu jogava bola, brincava, tiveram sua vida ceifada, outros foram presos, e aquele velho 1 % que restou graças a Deus, é onde estou incluso,

Eu sempre sonhei em ser cantor ou jogado de futebol, acho que todas as crianças sonham com isto, ou a maior parte delas. (Risos)

Porém, como minha mãe não tinha recursos financeiros para colocar-me em uma escolinha de futebol, decide que a música era mais conveniente, pelo mesmo motivo financeiro, resolvi criar instrumentos com matérias reutilizáveis, fiz violão com nylon e madeira, bateria de latas de leite ninho e cabo de vassoura, o resto dos instrumentos era balde, garrafa e outros, chamei os amigos e montei uma banda, e tocávamos sempre que ficava juntos, Eu tinha uma bicicleta usada, que ganhei de um rapaz chamado Wilton, ele é dono de uma Lan House onde moro até hoje, me via pedindo aos meus amigos para dar uma volta na bicicleta deles e como os mesmos não deixavam, ele me deu uma, porem um dia encontrei um colega que disse que tinha um celular que gravava e que podia trocar comigo pela bicicleta, como eu era mal chegado á tecnologia, pensei que gravava mesmo, chamei os colegas para tocar e gravar, realmente coisa de criança (Risos), foi ai que percebe que não gravava (risos). Um dia qual quer uma mulher, chegou até a me e falou: ?Que eu iria cantar pra multidões?.

Comecei a ir à igreja, e não tirava o olho dos músicos, e assim fui, depois de 02 anos na igreja, meu primo que também aceitou Jesus nesse período de tempo, apareceu com um violão, eu pedia para tocar, mais como não sabia, ele não deixava, então eu esperava ele sair, entrava na casa dele e tocava, quer dizer desafinava, ele tinha uns CDs, que tinha play Black e como eu sempre escutava com ele, acabamos cantando junto um dueto, foi ai que descobrir o meu potencial vocal.

Depois de 04 anos, meu primo se mudou por motivos pessoais, como sempre eu ia para a igreja com ele, deixei de ir, pois era longe para eu ir sozinho, comecei a frequentar a igreja da minha vô, que dizia que na igreja dela não tinha tocador e eu nem sabia toca também, porém eu fui no tempo se chamava, Igreja profética nacional da graça, foi lá que encontrei alguns colegas que tinha violão, como já não tinha mais o do meu primo, pedia a eles pra tocar, mais uma vez não deixavam, mesmo assim eu insistia, orava antes de pedir, então pedi a DEUS, foi ai que uma mulher passou com um violão e disse estou vendendo 50,00 reais, eu disse pra ela guarde pra mim, que seria meu! Certo! Mais como eu iria conseguir essa quantia, passaram-se os dias e eu não conseguir o dinheiro, porém ela pediu para ir a casa dela, e quando cheguei, ela disse tome o violão é seu, eu fiquei muitíssimo alegre.

Comecei a estudar e com alguns meses, toquei a primeira vez na igreja, foi ai que comecei, participei de uma dupla RgSOUl, durou uns 2 ano, depois fui vocalista e tecladista da banda MGD, ministério geração de Davi, aprendi a tocar teclado também, o mesmo processo do violão, porém demorou alguns anos até que eu comprasse o teclado.

Participei da Tamborada gospel, tocando teclado, gravei o primeiro DVD da banda, fiz back vocal na Banda Vou na Fé, no saiba dizer não, com o público de 80 mil pessoas

Mais o que eu sempre amei mesmo era cantar, comecei a estudar canto, participei de corais e quartetos vocal, comecei a gravar back de alguns CDs de amigos, hoje participo de um vocal, As  Adoração soul,  e quem me proporcionou tudo isso foi JESUS, que me ensinou, me ajudou a superar os momentos difíceis, tenho a língua pegada e por esses motivos muitos falavam que não daria para me cantar por que para eles eu era ou sou gago, porém Deus me ajudou a superar estes obstáculos.

Passei por muitas dificuldades financeiras, amigos me ajudaram, perde meu pai aos 16 anos de idade, mais continue firme com DEUS, muitas vezes fui para igreja de short e sandália, por que não tinha calça nem sapato, vive assim por grande parte desta história, pensei em larga tudo por que muitas pessoas me criticavam, porém Deus sempre me deu forças, quando chorava ele me consolava, com o tempo aos 18 anos comecei a trabalhar, e ajudei minha mãe que até então nada tinha de moveis modernos, comprei TV, por que a nossa era pequena, Cama por que dormíamos no chão, guarda roupa, nossa roupa ficava dentro de caixas, conseguimos reforma o banheiro e azulejar toda a casa e banheiro, pintar e etc.

NES-Qual a passagem Bíblica que mais te marcou e você leva como lema de vida?

GUSTAVO- E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.  Coríntios 1.

NES – Em meio ao mundo que cada vez os jovens estão se perdendo, qual o concelho que você, deixa para eles?

GUSTAVO- Há caminhos que ao ser humano parecem ser as melhores opções de vida, mas ao final conduzem à morte.

?Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna?. João 3: 16.

COMPARTILHAR
Luis Lago
Amante da Literatura, apaixonado pelas Letras. Discente de Letras Vernáculas e Língua Inglesa, poeta, escritor , blogueiro, professor e Repórter do site NES.