Bailarina do Nordeste de Amaralina brilha em novo clipe de Ivete Sangalo

E a menina-prodígio do Nordeste de Amaralina tem mostrado para o mundo que para ela o ceú o limite.

pós participação no clip ,  ?Orgulho de Nós Dois?, de Carlinhos Brown, Valdete Ribeiro gravou participação no clip da nova música de ninguém mais, ninguém menos que Ivete Sangalo. O nome da canção é “Cheguei Pra Te Amar”, parceria de Ivete com MC Livinho.

Em conversa com o Nordesteusou, Valdete contou que o o convite surgiu por indicação. ?Fui indicada para participar da pré-seleção onde seriam escolhidas as pessoas que participariam do vídeo?, explica.  ? A experiencia foi incrível. A gravação foi aqui em Salvador mesmo. Ivete foi super educada… E ainda não tinha feito nenhum trabalho com Ivete. Esse foi o primeiro. O clip está lindo. Amei ter tido essa experiencia?, comemora a bailarina que atualmente integra a equipe de dança da ex-vocalista do Araketu, Larissa Luz.

TRAJETÓRIA – Valdete Ribeiro começou a dançar com 9 anos de idade. A garota frequentava as aulas de dança no Centro Social Urbano (CSU) situado no ?beco da cultura?. Lá ela fazia aulas de ballet e dança afro. Foi então que o professor de ballet, Silvan Barbosa, conseguiu para ela uma bolsa no  Ballet Rosana Abubakir. Persistente e obstinada, Valdete resolveu investir fundo na profissão e então começou a fazer o curso técnico em dança da Funceb. A recompensa não demorou e os primeiros frutos começaram a ser colhidos. Em 2015, após uma audição para o Sarau do Brown, Valdete acabou entre as 24 escolhidas num universo de cerca de mil bailarinas. E não mais parou. Além de outros trabalhos com o próprio Brown, Valdete trabalhou no São João com Larissa Marques e participou da gravação do DVD da cantora Márcia Short. Em paralelo aos  trabalhos realizados mundo à fora, Ribeiro dá aulas de dança duas vezes na semana num projeto de dança da escola Joanisio Cerqueira, no Boqueirão. Em julho Valdete participou do clip de Carlinhos Brown,  ?Orgulho de Nós Dois?. O clip foi gravado na cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, e traz como temática a questão do preconceito  e da diversidade sexual.

Confira o clipe:

COMPARTILHAR