Após sofrer em relacionamento abusivo, moradora do Nordeste de Amaralina se torna inspiração para mulheres em rede sociais

É difícil definir quando um relacionamento é abusivo, porém os principais indicativos de uma pessoa abusiva são demonstrados de forma invisível e podem causar confusões psicológicas graves. Se seu companheiro(a) tem alguns comportamentos que não lhe trazem momentos agradáveis, cuidado! Você pode estar em um relacionamento complicado.

Muitas mulheres após sofrerem violência verbal e física continuam com seus parceiros, se sentindo prisioneiras, desta forma acarretando possíveis agressões e nas piores hipóteses podem chegar até o assassinato da vitima.

Após passar por situações indesejáveis durante um dos seus relacionamentos, Maine Santos 26 anos, resolveu levar para suas redes sociais o ?Empoderamento Feminino?, onde relata histórias e situações vivenciadas pelas suas seguidoras. ?Elas me procuram com muito desespero, eu passo minhas experiências e aos poucos vou ajudando cada uma delas a se amar todos os dias!?, conta Maine.

Diariamente a jovem recebe depoimentos de mulheres que se espelham em suas postagens e de certa forma, conseguiram superar os seus relacionamentos e seus traumas. Uma de suas seguidoras escreveu ?Oi Maine, não somos amigas, mas precisava lhe dizer o quanto seu humor me tira da depressão. Uma vez estava com a corda no pescoço preste a me matar, entrei no Facebook pela última vez e vi sua postagem, ri tanto que desistir de morrer naquele dia. Seria cômico se não fosse trágico. Talvez a sua missão na vida seja essa? disse uma de suas seguidoras em depoimento.

Para Maine alguns sinais são notáveis para percepção de um relacionamento abusivo: ?Ciúmes excessivos disfarçado de cuidado, de amor, quando na verdade já são considerados abusivos. E já tem os casos mais graves, como agressão física e tortura psicológica. Para sair dessa situação no mínimo ela tem que se dar conta de que está em um relacionamento que não é normal. Esse é o primeiro passo. Daí em diante, é procurar ajuda de alguma forma. Seja ela com amigos e familiares ou até mesmo ajuda psicológica que é o mais indicado?, explica. Embora as dificuldades estejam presentes é essencial que a pessoa busque ajuda psicológica especializada e conte com o apoio de amigos, familiares e também discando para 180, Central de Denúncias contra violência domestica ou a Delegacia da Mulher.

ENTREVISTA COM MAINE SANTOS

NES: Você já passou por momentos conturbados que superou?
Sim, vários. Um deles um relacionamento abusivo!

NES: Como você superou ?
Com ajuda de psicóloga e muito amor próprio!

NES: Você viu na sua situação o momento de empoderar as meninas nesse sentido, quando você recebeu sua primeira mensagem qual foi sua sensação em saber que você está ajudando outras meninas? 
Gratificante demais. Eu não fazia ideia de que serviria de inspiração para tantas meninas que passavam pelo mesmo. Elas me procuram com muito desespero, eu passo minhas experiências e aos poucos vou ajudando cada uma delas a se amar todos os dias!

NES: Quais os sinais que você indicaria para as meninas notarem que estão passando por um relacionamento abusivo, e como elas devem se sair dessa situação?
Alguns sinais são imperceptíveis. Alguns são ciúmes excessivos disfarçado de cuidado, de amor, quando na verdade já é considerado abusivo. E já tem os casos mais graves, como agressão física e tortura psicológica. Para sair dessa situação no mínimo ela tem que se dar conta de que está em um relacionamento que não é normal. Esse é o primeiro passo. Daí em diante, é procurar ajuda de alguma forma. Seja ela com amigos e familiares ou até mesmo ajuda psicológica que é o mais indicado!

NES: Qual mensagem você deixaria para as mulheres que estão vivenciando essas situações?
Diria pra não desistir de tentar sair dessa situação. Isso não é amor, é apego. Quando você se der conta de que amor é liberdade, é você ser quem quiser ser, é não pisar em ovos para não tirar o parceiro do sério, aí sim vai saber o que é amor. Procure ajuda, tente se afastar do abusivo por mais que doa, você não vai morrer, apesar de por alguns minutos desejar isso. A vida vai além desse relacionamento é muitas coisas boas surgem depois que você passa a se amar acima de qualquer coisa.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.