Mais de 300 alunos ficarão sem escola no Território do Nordeste de Amaralina

Em mais um protesto, estudantes pedem manutenção de escola estadual

(Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

A comunidade escolar, famílias e estudantes da Escola Estadual Alfredo Magalhães, situado no bairro do Rio Vermelho, realizará uma manifestação hoje (03/12), às 17h, em frente à escola, situada na Rua Ipirá, s/n, Rio Vermelho, como protesto pelo fechamento do turno noturno. A unidade escolar, que também funciona em tempo integral, possui mais de 600 estudantes matriculados e atua há mais de vinte anos no bairro do Rio Vermelho, atendendo as comunidades do Nordeste de Amaralina, Vale das Pedrinhas, Santa Cruz e Chapada do Rio Vermelho. Somente no noturno são 348 alunos, entre jovens, adultos e idosos, distribuídos em 08 turmas. A instituição recebeu a notificação da Secretaria de Educação informando o fechamento apenas das turmas da noite, mas, para o vice-diretor Orlando Goes, este pode ser um indício do fechamento dos demais turnos “Acredito que com essa decisão pode haver uma probabilidade alta de fechar a escola no ano que vem. Atendemos a um número grande de jovens, temos várias parcerias com organizações e conselhos de moradores do bairro, já participamos de vários projetos, não podemos deixar isso acontecer, seria um perda muito grande para o território”, conclui. Os manifestantes irão se reunir às 17h na frente da escola e seguem pela avenida principal da Lucaia até a entrada do Vale das Pedrinhas.

MAIS INFORMAÇÕES:

 – Orlando Goes
Vice-diretor da Escola Alfredo Magalhães
Tel.: (71 9964-9279 / 3240-0362)

– Ana Flávia Sousa

Comunicadora | CIPÓ – Comunicação Interativa

Tel.: (71 3503-4477 / 98803-9883 / 99128-4423)

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.