Jornalistas da Globo denunciam homofobia em hotel baiano: “Ameaçamos chamar a polícia”

Inicialmente, hotel teria se recusado a fazer a troca

Um casal de jornalistas da TV Globo utilizou as redes sociais para denunciar um caso de homofobia em um hotel na Praia do Forte, na Bahia, no domingo (08).

No Twitter, os repórteres Erick Rianelli e Pedro Figueiredo, que são casados desde o ano passado, contaram que fizeram uma reserva do Iberostar para um quarto com cama de casal, no entanto, foi disponibilizado um com duas camas de solteiro.

Conforme os jornalistas, o hotel teria se recusado a fazer a troca e só teria decidido resolver a situação após o casal ameaçar chamar a polícia.

“Você sai de férias pra e relaxar mas é de homofobia logo depois do check in. Foi no @IBEROSTAR Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia”, escreveu Erick.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.