"Praia de Buracão virou lugar de Favelado do Nordeste de Amaralina!"

Terça, 05 Dezembro 2017 12:54

Moradora afirma ter ficado horrorizada com comentários de cliente do restaurante Blue Praia Bar.

Dona Maria – nome fictício já que a moradora prefere ficar no anonimato, afirma que no último final de semana, ao frequentar o Restaurante Blue Praia Bar, ouviu comentários de ódio de outros clientes que estavam no local em relação aos moradores do Nordeste.

“Teve um cidadão que chegou a dizer: esses imundos adoram fazer baderna na Praia de Buracão. Esse gente do Nordeste de Amaralina não têm também educação, respeito, bom senso, dignidade, cultura e outros atributos de pessoas normais. E pior de tudo, ainda procriam. Deveriam castrar esse tipo de gente”, afirma perplexa.

Ela lembra que outro senhor concordou e disse: “Por isso, que eu não frequento mais praia em Salvador. A melhor coisa é viver em condomínio fechado sem esse povo, afinal de contas, nunca se sabe qual será a reação do animal favelado. Praia de buracão virou lugar favelado do Nordeste de Amaralina, sem condições frenquentar esse lugar.”

Sabemos que o preconceito está presente no Brasil desde a sua colonização, porém ser pobre e favelado nestas terras se tornou mais difícil do que nunca. Como se não bastasse a luta que os moradores da comunidade precisam enfrentar diariamente, são obrigados a conviver, diretamente e indiretamente, com ignorantes que agem como quem não defecassem, como quem não expelissem fezes como qualquer cachorro; como quem não tivesse remela nos olhos e sujeira no nariz.

É fundamental lembrar que o respeito é um dos valores essenciais nas relações humanas. Cultiva-lo por si e pelos outros permite que haja reconhecimento, aceitação, apreciação e valorização das qualidades do próximo e de seus direitos. Respeitar para ser respeitado: eis uma expressão que se explica por si mesma. Pensem nisso. Reflitam. E acima de tudo lembrem-se de sempre manter uma atitude respeitosa em relação aos demais.

Por Robert Santos - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.





Developed by Saulo Moura