Greve: ônibus do transporte complementar são atacados com pedras e tiro na capital

Não houve registro de feridos; sete micro-ônibus foram atingidos

Pelo menos sete micro-ônibus do sistema complementar da capital baiana foram atacados com pedras e até tiros em vários bairros da capital baiana no início da manhã desta sexta-feira (14). De acordo com informações do G1 Bahia, não houve registro de feridos.

Segundo o portal, os ataques ocorreram na região da Avenida Afrânio Peixoto, mais conhecida como Suburbana, Calçada, Baixa do Fiscal, Avenida Gal Costa e na BR-324, uma das principais vias de ligação da capital com o interior do estado.

O veículo atingido pelo disparo de arma de fogo trafegava pela Avenida Gal Costa, próximo à garagem da Subsistema de Transporte Especial Complementar (STEC).

A Polícia Civil informou que ainda não houve registros de queixa.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.