Governo e Prefeitura têm 20 dias para analisar proposta de integração

Estudo aponta quatro cenários com alterações para o transporte de Salvador

Estudo analisou o melhor modelo de integração para a cidade (Foto: Arquivo CORREIO)

O Governo do Estado e a Prefeitura de Salvador tem até 20 dias para analisar as propostas de um estudo técnico sobre a integração do transporte público na cidade. O levantamento foi uma obrigatoriedade exigida pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelas duas instâncias no ano passado.

O estudo foi apresentado durante reunião, na tarde desta quinta-feira (12), na sede do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), para promotores, representantes do estado, da prefeitura e empresários do setor de transporte.

O levantamento apresentou quatro cenários com alterações para o sistema de transporte da cidade. Uma das propostas sugere a readequação de 90 linhas, outra mantém as coisas como estão, com algumas alterações, e as demais tratam de mudanças na partilha da tarifa entre governo, município e empresários.

A reunião foi mediada pelas promotoras Cristina Seixas e Rita Tourinho, com a participação do procurador-geral do estado, Paulo Moreno, do secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, dos secretários municipais de Mobilidade, Fábio Mota, e da Casa Civil, Luiz Carreira.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.