Intimado pela polícia após acusações de assédio, Petrix terá que deixar o BBB20

Foto: Reprodução

As acusações de assédio sexual que movimentaram os primeiros dias do Big Brother Brasil 20 (BBB20) e, claro, mobilizaram muitas pessoas nas redes sociais, devem realmente significar o fim da linha do ginasta Petrix Barbosa ainda esta semana.

Segundo o colunista Hugo Gloss, ele terá de deixar o programa após a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Jacarepaguá) entregar uma intimação no departamento jurídico da TV Globo.

Presente no paredão da semana, que ocorre nessa terça, ele terá de sair da casa até sexta-feira (7), quando deverá prestar seu depoimento no caso de assédio às participantes.

A polícia afirma que caso ele seja tirado do jogo pelo público no paredão, ele poderá ser ouvido após a eliminação.

“Nenhum assédio será tolerado”, declarou a diretora-geral das delegacias da mulher, delegada Juliana Emerique. O inquérito para apurar as denúncias – entre eles, apertar os seios de uma participante e esfregar a genitália em outra – foi aberto na sexta-feira (31).

Nas últimas semanas, internautas acusaram o ginasta de ter assediado as sisteres Bianca e Flayslane. A hashtag “#PetrixExpulso” chegou a ficar dias entre os assuntos mais comentados do microblog.

Apesar da repercussão, a TV Globo decidiu pela permanência do ginasta, que ficou conhecido nacionalmente, justamente, após denunciar uma série de assédios sofridas por ele de um ex-técnico.

O primeiro caso a repercutir na casa do BBB foi no dia 24, quando durante uma das festas, Petrix segurou, apertou e balançou os seios da infuenciadora Bianca Andrade, conhecida como Boca Rosa. Na situação, chamada ao confessionário, ela negou ter se sentido desconfortável com o comportamento do atleta.

Já na madrugada de quinta-feira (30), Petrix voltou a ser criticado, dessa vez por esfregar as próprias partes íntimas na cabeça de Flayslane. No mesmo dia, ele foi advertido pela produção da casa, e pediu desculpas à participante, além de ter afirmado que refletiria sobre a situação.

“Desculpa Brasil se eu dancei demais, se eu rebolei demais, se eu brinquei demais. Tudo brincadeira, tudo um jogo, um personagem na noite. Eu gosto de brincar, me divertir e dançar”, comentou, falando ‘sozinho’.

Ainda na quinta, o apresentador Tiago Leifert tratou do assunto de forma breve e afirmou que “o Big Brother espera que essa advertência tenha efeito para que a gente preserve a boa convivência na casa”.

Outra polêmica
Além das acusações de assédio, Petrix também foi acusado de agressão a Pyong durante uma corrida para atender ao Big Fone. O hipnólogo caiu após ser atingido pelo ginasta. Além de perder a corrida, também machucou braço e joelho, mas a situação foi considerada “lance normal” pela produção do programa após “análise do VAR”. Caso de agressão também são passíveis de expulsão do jogo.

Fonte: Correio

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.