Grupo do Nordeste de Amaralina se apresenta na Virada Sustentável

Com o objetivo de ocupar a capital baiana com arte e cultura, a Virada Sustentável Salvador chega a sua 3ª edição, trazendo grandes nomes da música nacional e local. Dentre as atrações confirmadas, estão Djonga, Vandal, Ministereo Público, TrapFunk&Alivio, Festas Punanny e Pão com Ovo, Nêssa & Yan Cloud, e outros.

Promovendo shows abertos ao público em vários pontos da cidade, o festival acontece em novembro, investindo na música e no seu poder de transformação social. No ano passado, o evento promoveu mais de 250 atividades, em cerca de 50 espaços da cidade, passando por Itapuã, Cajazeiras, Rio Vermelho, Centro Histórico, Subúrbio, Solar do Unhão, Parque da Cidade, e mais.

Este ano, um dos nomes mais celebrados do rap nacional, o mineiro Djonga, marca presença apresentando o show do seu terceiro disco, intitulado ‘Ladrão’, no Largo do Pelourinho. No repertório, além de hits que já são cantados pelo público, como ‘Leal’, ‘Falcão’ e ‘Hat-Trick’, o rapper relembra outros sucessos do disco de estreia, ‘Heresia’, e do aclamado ‘O Menino Que Queria Ser Deus’, eleito o Melhor Disco do Ano em Votação Popular, pela Revista Rolling Stone.

Representando o rap soteropolitano, o grupo Nova Era lançará o primeiro disco da carreira, ‘Renovação’, na Praça Tereza Batista, com participação de Vandal e abertura de ADL. Já misturando rap, eletrônica, rock e repente, o paulista Novíssimo Edgar se apresenta com o trabalho ‘Ultrassom’. O artista, que é multifacetado e responsável pelo próprio figurino – à base de materiais reciclados –, ficou conhecido nacionalmente após participação no disco de Elza Soares, ‘Deus é Mulher’, com a faixa ‘Exú nas Escolas’.

Trazendo o sound system, a banda Ministereo Público convida todo mundo para dançar. Além disso, Miss Ivy e DJ Nai Kiese também não ficam para trás, fazendo todo mundo remexer com as batidas jamaicanas, o paredão baiano e carioca, e as aparelhagens de Belém do Pará e Recife, com a Festa Punanny, no Largo do Pelourinho. O evento ainda recebe Xarope MC, Orquestra Reggae de Cachoeira – com Freelion, Pali e a nigeriana Okwei Odili.

E não para por aí, o festival ainda conta com show de Josyara, Festa Pão com Ovo, João Milet Meirelles, Thomas Simon Vortex. No Nordeste de Amaralina, o Coletivo TrapFunk&Alivio comandam a primeira edição do ‘Móvisu’, misturando eletrônica com musicalidade africana diaspórica, funk, trap e cultura do grave (bass culture). Com 7 horas de festa (das 17h30 à 0h30), a festa conta com as participações de Nêssa e Yan Cloud, Nikima, Mr. Armeng, Freelion, Emijota, Betho Wilson, Gueu Braga, Caiqevans, e Dusgroovx.

SERVIÇO

Virada Sustentável Salvador 2019 – de 08 a 10 de novembroAtrações confirmadas: Djonga, Edgar, Nova Era (com participação de Vandal e abertura de ADL), Orquestra Reggae de Cachoeira (com Freelion, Pali e Okwei Odili), Ministereo Público, Xarope MC, Josyara, DJ Pivoman, João Milet Meirelles e Thomas Simon Vortex, Festa Punanny (Miss Ivy, DJ Nai Kiese, Sista Katia e convidadas), Festa Pão com Ovo (Moss, Paulilo Paredão, Sasha Hells e DJs Malayka SN), TrapFunk&AlIvio (com participações de Nikima, Mr. Armeng e Emijota, entre outros)Datas: 09 e 10 de novembro (sábado e domingo)Locais: Largo do Pelourinho, Praça Tereza Batista, Oliveiras (Santo Antônio Além do Carmo), Teatro Vila Velha, Lálá Casa de Arte (Rio Vermelho), Casa Charriot (Comércio) e fim de linha do Nordeste de AmaralinaGratuito

COMPARTILHAR
Avatar
Publicitário, Ativista Social e Fundador do Portal NORDESTeuSOU.