Entenda o motivo de tanta polêmica entorno do Carnaval do Nordeste de Amaralina

Faltando pouco mais de duas semanas para o início do carnaval, diversos problemas estão surgindo entorno da folia no circuito Mestre Bimba, no Nordeste de Amaralina.

Para entender melhor estes problemas, vamos explicar para você, leitor do NES, o que de fato está acontecendo.

O instrumento principal de toda a confusão é um termo de cooperação assinado por órgãos da Prefeitura de Salvador e do Governo do Estado junto ao Ministério Público, onde consta, no parágrafo 14, a seguinte declaração:

“Assegurar que apenas mini trios, devidamente vistoriados pela Central de Vistoria do Carnaval, possam transitar no circuito Mestre Bimba, desfilando em sentido único na via e encerrando a apresentação até às 02 (duas) horas da manhã, de modo a resguardar a integridade física das crianças e adolescentes foliãs ou residentes no Nordeste de Amaralina, tendo em vista a especificidade do circuito Mestre Bimba, situado em área residencial e de pequena extensão;”

As duas associações que representam o carnaval, a veterana ABCN (Associação de Blocos Carnavalesco do Nordeste de Amaralina) e a novata Associação Circuito Mestre Bimba, repudiam a decisão tomada e alegam que ambas não foram convidadas para participar das reuniões que definiram esse novo trajeto do circuito.

Há 14 anos o Circuito Mestre Bimba abriga o carnaval do Nordeste, sempre com 7 dias de festa, com os trios fazendo o percurso “bate-volta”, saindo do final de linha indo até o Sítio Caruano e retornando para o final de linha do bairro.

Muitas informações desencontradas estão rondando o nosso carnaval. Por enquanto a única certeza que temos é que as associações e a comunidade estão juntas para tentar derrubar esta cláusula e juntos fazermos o melhor e mais tradicional carnaval de bairro de Salvador.

COMPARTILHAR
Publicitário, Ativista Social e Fundador do Portal NORDESTeuSOU.