Diego Hypolito assume ser gay: ‘Foram anos e muita terapia’

Medalhista olímpico diz que escondeu o assunto para evitar perder patrocinadores e não prejudicar a carreira

O ginasta Diego Hypolito, bicampeão mundial e medalhista de prata na Olimpíada do Rio-2016, falou abertamente sobre sua homossexualidade pela primeira vez nesta quarta-feira (8), em depoimento publicado no site UOL.

“Eu vivi a solidão de não ter ninguém com quem eu pudesse compartilhar os dilemas de ser uma pessoa gay numa sociedade preconceituosa. Por mais que todo mundo tenha a impressão de que tem muito gay na ginástica, não tem. Todo mundo me zoava, zombava do meu jeito. Eu tinha o sonho de conseguir uma medalha olímpica e faria de tudo para chegar lá, até esconder quem eu era. Eu tinha certeza que se um dia eu saísse do armário publicamente, perderia patrocínios e minha carreira seria prejudicada”, contou o ginasta.

Segundo Diego, ele atentou para sua orientação sexual aos 19 anos, mas só contou para a família em 2014, já com 28. “Foram anos e muita terapia, além da proximidade com outras pessoas gays, para que eu chegasse nesse ponto de ter a coragem de falar abertamente sobre a minha sexualidade. Acho que meu exemplo pode fazer com que muitos garotos que hoje estão sofrendo deixem de sofrer”, afirmou. 

“Esse era o último fantasma que eu precisava espantar de dentro de mim. (…) Nunca mais vou deixar de viver o que eu sou. Eu sou gay”. Para ler o depoimento de Diego Hypolito na íntegra, clique aqui.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.