Dia dos Namorados: vendas online prometem aquecer o mercado

Se organize na hora de presentar a pessoa amanda

No Brasil, o Dia dos Namorados ajuda a aquecer o comércio no final do segundo trimestre, movimentando de maneira significativa o mercado. E esse ano, a promessa é que, mesmo com a crise, o setor de vendas online seja responsável direto pelos resultados positivos que o mercado deve verificar: segundo os indicadores, o clima de romance deve movimentar mais de R$1,8 bilhão, em 2018. Segundo o monitoramento da E-bit (empresa pioneira na realização de pesquisas online que visam analisar e entender o perfil e hábitos do consumidor virtual, no cenário brasileiro desde 2000), o e-commerce cresceu 7,2% e faturou em torno de R$1,71 bilhão no período em 2017, que superou em 5,1% o mesmo período em 2016. A expectativa para 2018 é de um novo crescimento.

Ainda segundo dados da E-bit, os produtos mais procurados são: smartphones, livros, eletrodomésticos, moda e perfumaria, casa e decoração. “Como já é de se esperar, as compras através de dispositivos móveis apresentam sempre uma relevância cada vez maior. São responsáveis por mais de 33% das transações”, conta Leonardo Albertazzi, CEO da empresa baiana pioneira em solução integrada em e-commerce, MLX Web. Ao contrário de outras datas, o monitoramento da Ebit também mostra que o brasileiro não deixa para comprar o presente dos namorados na última hora. Os cinco primeiros dias de junho são os que registraram as maiores concentrações de vendas, aponta.

“O primeiro passo é o planejamento. Apurar quais são os melhores produtos para colocar em destaque no site na data comemorativa, checar a segmentação, preparar parcerias, e elaborar promoções para colocar em destaque. Em tempos de crise, uma oferta mais assertiva aumenta as conversões e, por consequência, o faturamento da loja”, explica o CEO. Com o planejamento fechado, é hora de preparar os preços. Se a loja virtual ainda não é uma gigante com grandes volumes, o ideal é selecionar itens ou categorias para aplicar descontos atraentes para a clientela apaixonada.

Na hora de definir a política de preços, vale a regra de saber quanto pode oferecer de desconto em cada peça. “É importante verificar, também, quais são os produtos que estão parados no estoque, prejudicando o fluxo de caixa e rentabilidade. Nesse caso, promover descontos radicais e procurar atrelar a oferta a outros produtos mais valorizados na loja, auxilia na movimentação da mercadoria”, diz Leonardo. A eficiência na comunicação é o ponto principal de qualquer estratégia de vendas. Não adianta ter na prateleira o melhor produto com o melhor preço, se ninguém souber da existência. Desenvolver uma estratégia eficiente nas redes sociais e sites de buscas, apostar no que já funciona para o cliente em dias comuns e produzir campanhas especiais para a data comemorativa, é de fundamental importância. Estabelecer como lei para o funcionamento da empresa, a mensuração de todos os resultados. “Todos os dados gerados no comércio online devem ser armazenados, cruzados e analisados. Medir e acompanhar cada campanha é a grande vantagem do digital, que ainda dá agilidade para mexer no que não funcionou e aperfeiçoar todo o processo de vendas”, finaliza Maurício de Andrade, Diretor de Operações da MLX Web.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.