Dançarina da La Fúria foi esfaqueada dentro de casa no Alto do Coqueirinho

Assessoria da banda informou que a mulher tinha sido ferida em Itapuã

(Foto: reprodução/Instagram)

A dançarina da banda La Fúria, Elizabete Gonçalves, a Japinha Negra Japa, foi esfaqueada dentro de uma casa, no Alto do Coqueirinho, em Salvador. As informações são da Polícia Civil e foram divulgadas nesta quinta-feira (18). Na quarta (17), a assessoria da banda informou que a mulher tinha sido ferida durante um assalto, no bairro de Itapuã.

A Japa, como é conhecida, foi esfaqueada na noite de terça (16) e horas depois do crime, um vídeo circulou nas redes sociais mostrando uma mulher que afirmava ter sido a autora do crime, porque a bailarina teria se envolvido com um homem casado. “Esfaqueei a japa, quero nem saber”, disse suposta agressora.

O caso não foi registrado em nenhuma delegacia de Salvador, no entanto, a 12ª Delegacia de Polícia (Itapuã) passou a investigar o crime após a repercussão do caso. Algumas testemunhas já prestaram depoimento e a casa onde o crime aconteceu deve passar por uma perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.