Auxílio emergencial de R$600 para os mais pobres é aprovado pelos deputados

Foto: Marcello Casal/ Agência Brasil

Por Informe Baiano

O projeto que prevê o pagamento de um auxílio emergencial aos mais pobres (PL 9236/17) foi aprovado pela Câmara Federal, na noite desta quinta-feira (26/03). O deputado Marcelo Aro (PP-MG), relator da matéria, anunciou que, após conversas com o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), o Executivo concordou em aumentar de R$ 500,00 para R$ 600,00 o valor de cada cota do auxílio enquanto durar a pandemia do coronavírus.

O auxílio será concedido durante três meses para as pessoas de baixa renda afetadas pela crise. “Poderemos chegar a R$ 1.200 por família”, disse Aro. Já o deputado Vitor Hugo afirmou que o objetivo do governo é “salvar vidas e preservar empregos”. Ele destacou os diálogos que permitiram o acordo. “Também precisamos aprovar as reformas estruturantes, como o Plano Mansueto e outras medidas”, disse.

Quem vai ter direito? Pessoas que ganham até 3 salários mínimos ou 1/2 salário por membro da família. Então, autônomos, desempregados e microempreendedores, por exemplo, estão incluídos.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.